Magoados Atlético Clube – O Time da Mágoa

39.ª FESTA DOS MAGOADOS

“Os dias voltam, mas os minutos são outros – acordem.”

Prezado magoado.

Outros novos companheiros mudaram de plano em 2019. Quais deles você viu? Quais deles você abraçou? Em 2018 muitos vieram, muitos se abraçaram, tudo na mais ampla simplicidade, sem ninguém querer ser melhor que ninguém, numa harmonia fraterna. O abraço, o sorriso, o carinho, o como vai, a foto, o self, são valores da alma, embora todos os dias o mundo nos convite a passar pela porta larga da matéria.

Os que viajam de longe para nos ver perguntam… e os daqui porque não vieram?

Nós sempre respondemos: Muitos, ainda não se sensibilizaram com nosso intuito de fraternidade. Enquanto pudermos nós vamos continuar tentando reunir o nosso pessoal, mesmo às duras penas, seguindo o seguinte pensamento – “Podes cortar todas as flores, mas não podes impedir a primavera de aparecer” (Pablo Neruda). Sabemos que alguns estão, realmente, impossibilitados. Respeitamos e oramos por eles. – Obs. Ainda não descobrimos um modo de fazer festa em despesas pense nisso.

Data – 15/12/2019 (Domingo)

– A partir das 11 h.

– Identificação na portaria

Local: Salão de Festas do Condomínio Village do Bosque com estacionamento

Rua Santa Helena, 1967 (sem uso das piscinas)

Animação – Com animação musical e shows surpresas

Taxa de Adesão – R$ 50,00 por magoado. Sua família não paga.

Bebidas à parte – Cada um paga sua conta.

Tarefa de cada um – Trazer 1Kg de carne boa ou 1kg de linguiça de boa qualidade.

Aguardamos você e sua família.

Sérgio Galati Pedrosa

3422-3602 e 991680018

casa 28

“O TEMPO PASSA, NÃO PERCA A OPORTUNIDADE, TODOS PERGUNTAM POR VOCÊ”

 

jubileu

magoados@magoados.com.br

Clique aqui e ouça a música que o amigo Bill Mauro compôs para homenagear o “Jubileu de Ouro da Mágoa”.

Nos Anos 60 um grupo de amigos reunia-se costumeiramente na Avenida Sampaio Vidal, num local chamado Brasserie, para papos e a famosa cervejinha. Como expressão de ápoca usava-se o termo “magoado” para exprimir um estado de tristeza após brigas de amor, ou por paixão não correspondida ou frustrada. Assim pouco a pouco o nome “dor de cotovelo” deu lugar à expressão “mágoa” e por derivação “MAGOADO”. Por coincidência, em uma determinada ocasião uma boa parte do grupo estava “magoado”.
Marilia começ então a conhecer o grupo e a turma dos magoados.

“SOMOS TODOS IRMÃOS INDEPENDENTEMENTE DE CREDO, RAÇA, COR OU CONDIÇÃO SOCIAL”.

“Um só rebanho, um só Pastor.”

“Um dia a ovelha e o chacal pastarão juntos.”